Simas's Blog

Allegro ma non troppo

Quando literatura e música se encontram: Pink Floyd e George Orwell.

Álbuns baseados em obras-primas da literatura não são comuns de se verem por aí, pois as bandas/músicos que o fazem não são devidamente divulgados na mídia. Enfim, vamos ver alguns casos onde esta combinação maravilhosa acontece!


Lançado em 1977, Animals é totalmente inspirado no livro “A Revolução dos Bichos” do escritor George Orwell. O álbum contém três faixas principais onde os humanos equivalem a três espécies de animais: cães (Dogs), porcos(Pigs) e ovelhas(Sheep).

Na música Dogs, Roger Waters representa os homens de negócio como cachorros, que acabam por serem arrastados pela própria pedra que atiraram. Os porcos representam os políticos corruptos e os moralistas (Waters faz referências diretas a Margaret Tatcher e Mary Whitehouse (“Hey you, Whitehouse, haha charade you are”)). E na música Sheep, os carneiros são uma clara referência a massa, que cegamente obedece a um líder (“Meek and obedient you follow the leader”)

As três faixas centrais são limitadas pelas músicas “Pings on the Wing –  Part I e II”, que são um par de canções de amor escritas por Waters a sua mulher (na época) Caroline. A mensagem é de que enquanto duas pessoas se amarem, poderão se proteger dos males do mundo (referenciado nas três músicas centrais).

Pigs on the Wing – Part I & II

Dogs

Sheep

Abraços e até a próxima!

9 Respostas para “Quando literatura e música se encontram: Pink Floyd e George Orwell.

  1. Pingback: Tweets that mention Quando literatura e música se encontram: Pink Floyd e George Orwell. « Simas's Blog -- Topsy.com

  2. Junior Degani 25 de novembro de 2010 às 06:28

    Fernando, admirador do Pink Floyd que sou, gostaria de saber se posso transcrever este seu post no meu blog.(citando a sua fonte é claro)
    No aguardo,
    um abraço.
    Junior Degani.

  3. L 25 de novembro de 2010 às 11:58

    Adorei o post, querido! Faça mais posts relacionados😉
    Beijos!

  4. Charles 27 de novembro de 2010 às 23:13

    Bom post, mas confere aí…o disco é de 77, Meg Tatcher foi poderosa nos anos 90…

  5. Mau 28 de novembro de 2010 às 15:09

    Só uma correção: os cachorros representam na verdade as forças policiais, o exército, enfim, as forças dos guerreiros à serviços dos porcos.

    Valeu, tb adoro Floyd.

  6. Karl 28 de novembro de 2010 às 21:18

    Tatcher era figura importante da ala conservadora na Inglaterra, foi líder da oposição entre 75e 79. Foi primeira ministra de 79 a 90.

  7. Pingback: Os números de 2010 « Simas's Blog

  8. Pingback: Quando literatura e música se encontram: J.R.R Tolkien e Blind Guardian. « Simas's Blog

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: